en fr pt es

ETA Oeste

Esta estação deverá tratar uma capacidade nominal de 5,00 m³/s, com quatro módulos de 1,25 m³/s, cada um formado basicamente por 06 filtros ascendentes e 06 filtros descendentes.

A ETA OESTE será constituída basicamente pelas seguintes unidades:

  • Medição de vazão e controle de entrada de água bruta;
  • Câmara de chegada e mistura rápida;
  • Unidades de processo, constituída por módulos de dupla filtração, filtros ascendentes de areia grossa seguidos de filtros rápidos descendentes;
  • Câmara de contato, onde será realizada a desinfecção através da aplicação de produto químico;
  • Reservatório de água para lavagem dos filtros;
  • Estação Elevatória de água para lavagem dos filtros;
  • Reservatório Pulmão de Água Tratada;
  • Estação Elevatória de Água Tratada;
  • Medição de vazão de água tratada;
  • Reservatório Elevado para abastecimento da ETA;
  • Estação de Tratamento de Resíduos Sólidos Gerados, constituída por 02 tanques de regularização e equalização, 02 tanques de clarificação e adensamento, 01 tanque de água recuperada, casa de bombas de água recuperada, tanque de Iodo adensado e unidade de desaguamento;
  • Lagoa de emergência;
  • Sistema de produtos químicos, composto por sistema de aplicação de hidróxi-cloreto de alumínio, polímero catiônico, hidróxido de sódio, cloro e ácido fluossilícico;
  • Subestações elétricas;
  • Unidades auxiliares, formadas por edifício da administração e laboratório, portaria e balança rodoviária para a pesagem de caminhões com produtos químicos ou com Iodo desidratado;
  • Na mesma área da ETA estão previstos um reservatório de água bruta R2 e uma estação elevatória de água bruta, denominada EE2, ambos componentes do sistema adutor do Gavião/Pecém e que não fazem parte do escopo do presente trabalho.